Possui contas inativas do FGTS? Saiba como consultar o saldo disponível

fgtsO presidente Michel Temer anunciou que a população poderá sacar todo o dinheiro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de contas inativas. E, para conferir o valor disponível para retirada, basta acessar o site da Caixa Econômica Federal, responsável por administrar os recursos.

Como fazer a consulta do FGTS?

Para consultar o valor disponível para saque, acesse o site da Caixa Econômica Federal, na página da consulta.Insira o número do PIS/PASEP no campo requisitado (o número pode ser consultado na carteira de trabalho) e cadastre uma senha para acessar o sistema.

Além do site, outra possibilidade para o trabalhador saber se tem conta inativa – ou o saldo delas – é pelo aplicativo FGTS Fácil, disponível para download para o sistema operacional Android. Para acessá-lo é preciso ter o número do NIS, que pode ser localizado nos extratos do FGTS, cartão do PIS, carteira de trabalho, cartão do cidadão ou com o empregador. Caso o trabalhador não tenha um desses documentos, ele pode solicitar uma segunda via de inscrição em uma agência da Caixa, sem custos.

Com o número do NIS, o trabalhador precisa fazer um cadastro que exige número do CPF, identidade e do título de eleitor. O aplicativo permite o acompanhamento da regularidade dos depósitos pela empresa do FGTS. Também é possível consultar, por meio do recurso de geolocalização, a agência da Caixa mais perto para ser atendido, caso precise.

O que são contas inativas?

Contas inativas do FGTS são aquelas que não recebem mais depósitos mensais porque não há mais vínculo entre o empregado e a empresa. Normalmente, são contas relacionadas a empregos dos quais o funcionário pediu demissão e, consequentemente, não pôde sacar os recursos. Esse dinheiro bloqueado é remunerado a 3% ao ano mais TR, índice muito inferior à inflação anual.

O governo anunciou que só poderão ser sacados os recursos de contas inativas até 31 de dezembro de 2015, o que deve beneficiar 10,2 milhões de trabalhadores. O calendário para o saque só vai ser disponibilizado em fevereiro e deve estar relacionado a data de aniversário do trabalhador.

Não há limite de valor nem necessidade de comprovar pagamento de dívida; governo vai divulgar cronograma de saques para evitar corridas às agências

Site instável

O site do FGTS recebeu tantos acessos de trabalhadores nesta quinta-feira (22) que ficou com o funcionamento instável, admitiu a Caixa Econômica Federal. A equipe de tecnologia da informação do banco foi acionada e promete retomar o funcionamento normal até o fim da tarde.

O site ficou sobrecarregado devido ao alto número de acessos depois que o presidente Michel Temer anunciou que os trabalhadores poderão sacar a totalidade do saldo de contas inativas do fundo. A estimativa do governo é que serão sacados R$ 30 bilhões. Temer afirmou que 86% dessas contas têm saldo inferior a um salário mínimo, ou R$ 880,00.

Saque do valor total

Pelas normas anteriores do Fundo, os cotistas podiam sacar os recursos na data de aniversário, desde que estivessem fora do mercado de trabalho formal há pelo menos três anos. Agora, não haverá essa restrição. Até a noite da última quarta-feira (21), o governo estava em dúvida se o valor ficaria limitado a R$ 1 mil para as contas com saldo de até dez salários mínimos (R$ 8.800). Hoje, Temer afirmou que não haverá um teto para o saque.

Fonte: Gazeta do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *